Personalidades mundiais ligadas à economia azul confirmam presença na 2ª “Cabo Verde Ocean Week”

Personalidades mundiais ligadas à economia azul confirmam presença na 2ª “Cabo Verde Ocean Week”

Várias personalidades, entre os quais o enviado especial da Secretaria-Geral das Nações Unidas para os Oceanos, Peter Thomson, a directora global de gestão dos oceanos, Maria Danaki, os ministros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, a embaixadora de Angola em Itália, representantes da FAO, Banco Mundial e Banco Africano de Desenvolvimento já confirmaram presença na 2ª edição do Cabo Verde Ocean Week (CVOW), evento que acontece de 25 a 29 de Novembro. Ao todo, a organização espera de cerca de meia centena de participantes internacionais.

A apresentação deste evento ligado ao mar foi feito pelo Secretário de Estado da Economia Azul, que substituiu o Ministro da Economia, Transportes e Turismo, José Gonçalves, que se viu impossibilitado de regressar à ilha de São Vicente. Na ocasião, Paulo Veiga realçou a importância da gestão sustentável do mar, dos oceanos e seus recursos e falou da importância de se criar resiliência sobre os impactos das mudanças climáticas, que aliás são hoje prioridades do Governo.

Segundo Veiga, os pequenos Estados Insulares em desenvolvimento, como Cabo Verde, estão fortemente expostos às mudanças climáticas e ao aumento de frequência dos eventos climáticos extremos, como o aumento do nível do mar, ciclones, aumento da temperatura. “A sociedade cabo-verdiana precisa ser informada e sensibilizada sobre os desafios da resiliência e da adaptação as mudanças climáticas no contexto de emergência que o mundo vive”, frisou o SE da Economia Marítima, realçando que, neste sentido, o Governo está inteiramente comprometido com a Agenda 2030 das NU para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

É também dentro deste contexto que, através do Ministério da Economia Marítima e em cooperação com outras instituições, decidiu-se realizar no ano passado, em São Vicente, a 1ª edição do CVOW, apoiando e incentivando todas as actividades da Semana dos Oceanos e de promoção de politicas nacionais para o crescimento sustentável e ambientalmente conscientes. O evento conseguiu, em cinco dias, trazer e unir pessoas de 14 países e quatro continentes. E, este ano, espera-se ir mais além. “Daremos continuidade ao objectivo essencial do CVOW, que é de elevar a consciencialização e a sensibilização sobre a importância dos oceanos e a sua sustentabilidade, visando a realização de uma cultura voltada para a saúde do mar.”

Neste sentido, de acordo com a presidente da organização do CVOW, Eneida Gomes, estão agendadas duas conferências, sete painéis e conversas sobre o mar. Do programa constam a apresentação de um programa de mestrado sobre Climate Change and Marine Science (Wascal), financiado pelo Governo alemão e liderado pela Universidade de Cabo Verde, que se propõe fornecer treinamento de última geração para cientistas e outros profissionais em mudanças climáticas e uso da terra. Outra novidade é o enquadramento da Feira dos Produtos do Mar (Expomar) no CVOW, como uma vertente feiral para enriquecer e engrandecer ainda mais este evento.

Constânça de Pina | Fonte: Mindel Insite

Close Menu